domingo, 18 de outubro de 2020

Dedé do Cartório declara R$1,2 milhão em bens à Justiça Eleitoral e Juju informa R$89 mil

Publicado em  domingo, outubro 18, 2020  |  em  Politíca

Por Francisco Cavalcante

Os dois candidatos à Prefeitura Municipal de Jaguaribara declararam, neste último mês, o detalhamento de seus bens patrimoniais à Justiça Eleitoral. A declaração de patrimônio é obrigatória para todos os candidatos que disputam as eleições municipais. No registro de candidatura ao executivo municipal, Dedé do Cartório declarou um patrimônio 14 vezes maior que o informado por Juju, que nonuplicou seu patrimônio de 2016 a 2020.

Os dados constantes no sistema DivulgaCandContas, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mostram que o candidato Dedé do Cartório (PSB), da coligação “O melhor está por vir”, declarou um total de R$1.296.000,00 em bens. Na lista de bens declarados pelo tabelião, estão cinco casas de alvenaria, três terrenos, dois prédios comerciais, três veículos automotores, além de outras propriedades. Para conferir o detalhamento dos bens declarados pelo candidato, clique aqui.

O atual prefeito e candidato à reeleição pelo PDT, Juju, declarou um total de bens avaliados em R$89.278,20. Entre as propriedades, foram declarados apenas caderneta de poupança, depósitos bancários em conta corrente no país e bovinos avaliados em R$ 80 mil. Para conferir o detalhamento dos bens declarados pelo advogado candidato pela coligação “Para seguir avançando”, acesse aqui.
Nas eleições de 2016, em que disputou a Prefeitura de Jaguaribara pela primeira vez, Juju declarou à Justiça Eleitoral um total de R$10 mil em bens patrimoniais referente a depósito bancário em conta corrente. De 2016 para cá, o patrimônio declarado pelo candidato à reeleição quase nonuplicou, ou seja, tornou-se 9 vezes maior. Percentualmente, o patrimônio do atual prefeito cresceu 790% nos últimos quatro anos.

Na última vez em que candidatou-se ao cargo de vereador nas eleições de 2012, Dedé do Cartório declarou um total de bens avaliados em R$885.500,00. Houve de 2012 a 2020 um crescimento de R$410.500,00 em bens declarados pelo candidato do PSB à Justiça Eleitoral. Dedé foi um dos candidatos mais votados para a Câmara dos Vereadores nas eleições municipais de 2012, mas teve sua candidatura indeferida pela Justiça e seus votos foram considerados nulos, conforme registrou o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE).

Curta e compartilhe

0 comentários:

.
--
Copyright © 2013 Jaguaribara em Foco. by BloggerTheme9
back to top